Um dente

image

Na qinta-feira rompeu o primeiro dente. Finalmente. Desde que nasceu que morde furiosa e persistentemente as mãos e os dedos, aliás, tudo desde que nao sejam chupetas. Toda a gente diz “É dentes!”. Ao fim de 7 meses acertaram. Ainda nao desespera, mas parece-me que consome um pouco mais as mãos que o costume. Está a crescer a passos largos. Todos os dias aprende coisas novas. Ja tenta gatinhar, embora se canse muito com experiências difíceis, que o seu pequeno corpo ainda não consegue acompanhar. Também se consegue pôr de pé, agarrando-se a qualquer objecto que tenha mais de meio palmo de altura, mas uma vez lá em cima ainda não consegue manter o equilíbrio, o que resulta em quedas, várias, e mil olhos a partir de agora. É destemida, uma queda não a demove de continuar a tentar. Acabou-se o descanso.

Advertisements