o primeiro workshop

O fim de semana passado foi o primeiro da G. sem mãe e pai por duas noites. Saiu-se bem a rapariga e divertiu-se, segundo contam.  Mas os avós chegaram ao fim de dois dias a reclamar férias. Nem imagino porquê.

Foi muito agradável saber e sentir que já fica bem e tranquila sozinha. Mas mais importante é que a minha mente (-corpo) ficou mais disponível para me concentrar nas tarefas do fim de semana. O primeiro workshop correu muito bem, com um grupo fantástico, muito empenhado e produtivo. Abriu o apetite para os próximos três.

Advertisements