Paris prolongado

O fim de semana prolongado foi de um saltinho a Paris, por ocasião da 9e. Fête du cinema d’animation do Centre Pompidou, este ano dedicado ao cinema de animação português. Ressalve-se o pormenor de que para nós não foi prolongado, pois tínhamos data de regresso para domingo, desconhecentes que estávamos de tal feriado.

A G. ficou com os avós e nós relaxamos, tanto quanto se pode em Paris com a enchente do fim de semana grande. Curiosamente, em Portugal não se vai aos museus sabe-se lá porquê… em Paris não se vai porque as filas são extensíssimas…

Decidimo-nos por uma visita à exposição do Centre Pompidou, à exposição do artista plástico Arman que desconhecia,  e a uma exposição denominada “Elles” (imagens acima) que compila uma série de obras de diferentes artistas plásticas – mulheres, entenda-se. Numa espécie de discriminação positiva, com tudo o que isso pode ou não ter de positivo.

Ainda assim, apesar do cansaço que isso gerou, fiquei espantada com os mares de gente que a cultura (mas não só) atrai naquela cidade.

 

Em baixo, imagens da vista privilegiada do Centre Pompidou.

Teatro na rua.

 

Paris a perder de vista.

 

Advertisements