da qualidade de ensinar

No dia em que se sabe que mais de 50% dos professores contratados chumbaram no exame de Português e Física e Química (o que não deixa de ser preocupante, mas não me parece o cerne da questão) pergunto-me, o que são bons professores? Como são avaliados?

Muitos dos meus melhores professores não eram enciclopédicos. Eram só boas pessoas, seres humanos com uma grande facilidade de relacionamento, de compreensão do ponto de vista do outro, de entusiasmo pela vida e uma boa dose de sonho. Os mais enciclopédicos eram por vezes tão intangíveis que tendiam a fazer-me sentir imbecil e inqualificada, desmotivada e desinteressada (a melhor forma de defesa, é a fuga).

E agora, quais as consequências desta peneira de professores?

Advertisements