Escola e inquietude

Vocês já perceberam que eu ando a ferver com tema “escola/sistema de ensino”. Hoje estou grata por me ter cruzado no Público com este artigo de Lurdes Figueiral, a propósito do doutoramento honoris causa de Sérgio Niza:

“A Escola é um lugar de inquietude e resistência, ou não fosse ela o lugar que os jovens habitam. Ali deveria morar uma saudável inquietude, uma comprometida resistência e não ser povoada de ansiedades doentias, de medos paralisantes, de sofrimentos estéreis convertendo-a num campo inóspito em que nos digladiamos e em relação à qual se alimentam hostilidades. Mas se a queremos saudável e desafiante, um lugar de trabalho e de aprendizagem, um locus também de felicidade, ela não pode deixar de ser o sítio de inquietude e resistência dos professores. De compromisso.”

“Compromisso com a resistência a práticas educativas que mais não são que o adestramento intensivo e indiferenciado das crianças e dos jovens em saberes e procedimentos inadequados, muitas vezes, pouco significativos. E se, em termos curriculares, falo sobretudo com o conhecimento de causa que à Matemática diz respeito, no que toca, por exemplo, às políticas de avaliação educativas e à massificação de turmas e agrupamentos escolares, elas são genericamente desastrosas.”

“Mas a tarefa da Escola e, nela, do professor, é bom recordá-lo, é uma tarefa de construção, de esperança, de entusiasmo. É uma tarefa tão exigente, muitas vezes tão solitária, que temos que nos unir, temos que partilhar, temos que dialogar.”

É ma mensagem de revolução e de esperança. Não deixem de ler.

Advertisements

2 thoughts on “Escola e inquietude

  1. A Escola já perdeu o seu papel institucional há muito tempo. É vista como um lugar onde se passam umas horas até voltar para casa. Não há dúvida que precisamos de nos unir e estendermos esta mensagem de esperança para voltar a acreditar no papel importante que esta instituição tem na sociedade.

    • Sem dúvida. É fundamental a união de quem acredita no papel sagrado da educação. Felizmente há muita gente a gritar alto a sua indignação. Hoje às 15h passa a reportagem “Terão as crianças pernas para as metas?”
      A educação está na boca do povo. Quem sabe isso a salve…
      Obrigada pela visita :D

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s