País sob fumo | A country under smoke

Um país em chamas. Estamos de férias debaixo de uma nuvem de fumo arrastada pelo vento até ao mar. O ar está estranhamente escurecido e o mar reflecte uma luz laranja. No céu, as 4h da tarde parecem 8h da noite. O fumo faz sombra sobre os barcos no horizonte, transformando um dia de sol intenso num dia fresco e nublado. (As fotografias não têm qualquer filtro ou tratamento).

O norte do país arde intensamente há vários dias. O ar está irrespirável, as pessoas tristes, o país negro. Muitas das nossas belezas naturais esfumaram-se, mais uma vez. A beleza das nossas serras transformou-se num local de fuga. Parques de campismo abandonados por campistas nacionais e estrangeiros que não encontram segurança, quer pelo fogo quer pelo fumo, numa paisagem que dias antes cortava a respiração, mas pela beleza que continha. Eu já abandonei a ideia de ir acampar, como de costume, na estrela. Este ano não há condições… Que dor. Que país. No rádio anunciam que a protecção civil diz que metade dos incêndios tem origem em negligência humana. Não havendo multas previstas para a estupidez humana, pergunto-me quantos mais hectares de património natural terão de desaparecer para educarmos os cidadãos, da mesma forma que se conseguiu educar para a redução drástica de acidentes automóveis, por exemplo. Pusemos cintos de segurança, punimos a condução com álcool, etc… Os acidentezinhos por beatas que voam de janelas (eu vi, várias), as fogueirazinhas acesas e abandonadas em dias de rajadas de vento descontroladas (eu também vi), não podem ser tratadas com puxõezinhos de orelhas e “para a próxima tenha mais cuidado”.
O “meu querido mês de Agosto” transformou-se num inferno de Agosto. Uma grande parte das pessoas faz férias junto ao mar, mas quem costuma desfrutar do interior sabe bem do que falo. Não há ano que não arda, aqui, ali ou por todo o lado. E é sempre uma dor.

A country on fire. We’re taking a holiday break under a cloud of smoke brought by the wind to the sea. The light is dark. The sea is orange. It’s 4 o’clock, but it looks like evening. The smoke is over the boats on the horizon, like a big cloud. (The photos have no type of filter).

The north of the country is burning for several days. The air is not breathable, the people sad, the country black. Our natural beauties turned into ash, once again. People are abandoning the campings in the beauty of the mountains, for both fire and smoke don’t let you chill out safely. We were going camping to the mountain, as usual, next week. But had to quit the idea. Painful. What a country.
On the radio they announce that one half of the ignitions results of human negligence. I wonder how many years more until we have a program of education (harsh, punitive education) like we had for car accidents, for instance. Everyone is now using security belts and drunk driving reduced dramatically. Little accidents because someone throws a burning cigarette through the window (I saw it), or leaves a fire without vigilance (I saw it too) cannot pass with just some mere warning.
It is simply awful this year, but it is the same every year. Fires everywhere. 

Os meus filhos brincam às fogueiras.

My kids playing of fireplaces.

Sewing on timeless days

It’s summertime. We’re enjoying some timeless days. And I’m taking time to sew for my kids. Here are a few photos of a very simple self-drafted dress with crossed straps in the back (not easy to see in the photos), and the forest we visited last weekend. She chooses the fabric
***
Chegou o verão. Temos aproveitado as últimas semanas para viver os dias de forma diferente. E eu tenho, finalmente, aproveitado para costurar para os meus filhos. Deixo aqui algumas fotos de um vestido, de desenho simples e improvisado na hora, com alças a cruzar nas costas (não se vê bem nas fotos), e da floresta que visitámos no fim de semana passado. O tecido foi escolhido por ela.

For my boy I made a pair of the harem shorts I sell at my shop (closed for vacation at the moment). He saw me sewing a special order on this B&W and he loved it. So he requested his right to have one of his own. They fit him lovely, and I think they are the perfect match for his new favorite hat (he is a hat lover since he was a baby).
***
Para o rapazinho, fiz uns calções no mesmo modelo que vendo na loja (de momento fechada para férias). Ele viu-me costurar uns com este bolso preto e branco (um pedido especial para uma cliente) e gostou tanto que pediu-me que fizesse também para si. Assentam-lhe lindamente, a acho que são a combinação perfeita para o seu chapéu favorito (ele adora chapéus desde bebé).

Inari Tee

Sometimes it takes longer than expected to simply take the next step. I finally decided to sew for myself.  Somehow, I don’t know why (or maybe I do), I’m always at the bottom of my priorities. But when you get to put your hands on that perfect fabric the world turns upside down! I received another order of fabrics with this lovely fabric in it (I must say, absolutely beautiful and incredible soft – the quality really is awesome!!!). It belongs to the Black and White collection of Cotton and Steel by Rashida Coleman-Hale. It only took me 5 minutes to decide I wanted it for myself (I know, why did it took so long?!!) and imagine it turned into a blouse. Launched the idea on my IG and Diana suggested me to do an Inari Tee from Named Clothing (thank you sooooo much Diana!!). Love at first sight **

I altered the pattern a bit, made it 6 cm longer than the original, for a more casual wear. It turned out perfect. I’m so in love with it. It perfectly matches my jeans and skirts. And I’ll be able to use it throughout summer and winter. I’m already cutting some new fabric to make me another.

 

——-

Estreei-me finalmente na “costura para mim”. Recebi mais uma encomenda de tecidos e fiquei fascinada com este da Cotton and Steel (design da Rashida Coleman-Hale). Comprei-o para fazer artigos para a loja, mas quando o vi (e senti!!!!) ao vivo não resisti. É muito bonito e original, e a qualidade é fantástica. Segui o conselho da Diana e escolhi o modelo Inari Tee da Named Clothing (muito obrigada !!!! Diana). Amor à primeira vista!

Alterei ligeiramente o molde. Adicionei 6 cm ao comprimento, para o tornar mais fácil de usar no dia a dia. Ficou perfeito. Combina perfeitamente com a maioria das minhas calças e saias. E poderei usá-la tanto no verão como no inverno! Ja estou a preparar novo tecido para fazer a segunda !

Berninando

bernina 800DL

Ultimamente tenho costurado 70% do tempo com uma máquina corta e cose que comprei há uns anos numa promoção no Lidl. Demorei dois anos a desempacotá-la, depois da primeira experiência. Agora, há cerca de dois meses resolvi dar-lhe uma segunda oportunidade, dedicar-lhe mais tempo, persistir um pouco, ver uns vídeos…. A verdade é que desde que consegui pô-la a trabalhar correctamente não quero outra coisa. Aquela máquina é uma incrível economia de tempo, aliada a acabamentos perfeitos e duradouros. Tem as suas manias, é preciso dar-lhe a volta, mas estou fascinada com as vantagens de uma verdadeira overlocker.

Para uma utilização diária e intensiva comecei a sonhar com uma substituta. Algo mais robusto, estável e fácil de utilizar, regular, etc… No início do mês cruzei-me com um post no facebook duma loja Bernina em Lisboa (eu não vivo em Lisboa, mas consigo pôr-me lá em 1hora, bastante à mão para mim), com assistência técnica da marca, e venda de produtos. Chamou-me à atenção e fui dar uma vista de olhos na página da My Bernina – Lisboa . Fiquei tentada com a oferta de pagamentos em 10 prestações sem juros e daí até entrar em contacto e ficar a conhecer a incrível disponibilidade do Sr. José Bernardino foi um saltinho para tomar a decisão. As referências da Bernina 800DL são muito boas. Uma excelente corta e cose básica, com vários anos de existência no mercado e provas mais que dadas de eficácia e durabilidade.

Esta semana visitei a loja, experimentei a máquina, usufruí de uma excelente visita guiada aos seus truques e funcionalidades. E pronto, final feliz.
(…. não vou descrever a delícia que é costurar naquele silêncio!!!! E da sensação de estar a costurar sobre manteiga…. E dos botões que estão todos à mão e que se regulam com suavidade sem ser preciso lutar com a precisão… enfim, querem conhecer a máquina, vão até lá experimentar!!!)

Visitem a página. Até ao final do mês podem ainda usufruir de uma extensão de garantia. Além disso, o Sr. José Bernardino é um profissional com mais de 15 anos de experiência na assistência técnica não só a esta mas também a várias marcas. Referências sempre importantes para quem se perde entre panos e linhas.

***

Lately I’ve been sewing mostly with a serger I bought a couple of years ago in a promo at Lidl. I gave it a test drive, but then it took me two years to take it out of the box….Wondering how could I ever live without it!!… I spent my last two months using it most of the time. That thing is an extraordinary time saver (once you dedicate it time enough to start to make it work properly). But then is all fun.

So lately I’ve been dreaming with a new machine, one that matches a daily usage, easy to align the tension, longlasting… you know what I mean…. For a coincidence I read a post on facebook about a new Bernina assistance and sell point in Lisbon (a one hour drive for me). Went through the facebook page of My Bernina-Lisboa  and I was tempted by their 10X payment offer. Contacted about overlockers and was amazed by the attention to client. It was a quick decision. The Bernina 800DL has excellent reviews, and is on the market for several years.

I went to the store this week. Gave it a guided test drive, with the useful explanations of the shop owner. Happy end ♥
(I’m not going to tell you all about how silent the machine is!!! and that feeling of sewing over butter…. and all the buttons on the perfect place, so precise and easy to operate and adjust….If you want to get to know the machine give it a try !!!)

Visit the shop page. Until the end of the month they are offering a two year warranty extension. And you get to know Mr. José Bernardino, a professional with more than 15 years of experience of technical assistance to this and many other brands of sewing machines. Very useful information when you’re in love with fabrics and threads…

 

 

2016

Nos últimos meses o trabalho ocupou a maior parte dos meus dias, deixando pouco tempo para uma das coisas que mais gosto: actualizar este cantinho, onde deixo a minha pegada. Assim como actualizar as minhas leituras nos blogs onde gosto de passear.
Por isso preparem-se que este post está carregadinho de imagens, para compensar todas as que não tirei entretanto ♥
Hoje é sábado, demos um passeio no campo. Encontrámos muitos cogumelos e uma luz fabulosa.
***
I’m not blogging for more than 2 months. Work has left few to no time for one of te things I love the most: writing on this little place were I leave my footprint. As well as reading some of the blogs I like to follow.
So, get ready for it. This post is overloaded with images, to make it over for all the ones I couldn’t post ♥
Today is saturday, we took a walk outside. We found many mushrooms and a beautiful light.

And now the winners….

OTTOBRE_button_winners

This post is a bit late. I’m without internet at home for the past weeks (almost a month now) and the new contract is having a hard time to be implemented (yes, I love internet companies… one can always trust them!).

So, I’m happy to announce the lucky winners for One year subscription of Ottobre magazine (kids+women’s issues):
Eulalia Polo Fernandez
Mariana Biela
Emi Shimokawa
Isabel A.
Samo 

The winner for one gift card of 50 euros to Ottobre’s fabric shop on Etsy:
Rythm Tyagi

The winner for one gift card of 30 euros to Maças d’Amor fabric shop:
Claire Sutherland

Este post vem um pouco atrasado. Nas últimas semanas estamos sem internet em casa e novo contrato tardou (falhou… sim, adoro empresas de telecomunicações, falham sempre com uma pontualidade acrítica).
Assim, anuncio finalmente os vencedores….
Assinatura de um ano da revista Ottobre (números de criança+mulher):
Eulalia Polo Fernandez
Mariana Biela
Emi Shimokawa
Isabel A.
Samo 

Cartão prenda, no valor de 50 euros, na loja de tecidos Ottobre, na etsy:
Rythm Tyagi

Cartão prenda, no valor de 30 euros na loja Maças d’Amor:
Claire Sutherland

Congratulations!!! *** Parabéns!!!

 

Portuguese bloggers sew Ottobre…

… and a giveaway !

I got this stunning invitation to be part of a sewing tour along with some very tallented seamstresses!!!! This is my first time in a tour, so you may find my speach over-thrilled (just ignore it, thanks).
Ottobre Design ® magazine is celebrating 15 Years, so for these days a group of 15 portuguese sewing bloggers are posting some creations made with their patterns . I’ve been following Ottobre for a while, bought some fabric from them a couple of times, but this is my first essay on their patterns.
***
Há umas semanas atrás recebi um convite surpreendente: juntar-me a um grupo de bloggers portuguesas para celebrar os 15 anos das revista Ottobre Design ® . É a primeira vez que participo num “tour” de costura, pelo que fiquei muito entusiasmada.
Há algum tempo que acompanho o trabalho da Ottobre, já comprei alguns tecidos na
loja deles, mas esta é a primeira vez que experimento um dos seus moldes.

 

When I got this invitation I knew right away what I wanted to sew. Some comfy, stylish, cute pants for my 4 year old boy (it’s always so hard to buy him decent trousers – he hates buttons and non-stretchy fabrics). And I found the perfect model on Ottobre magazine 4/2015.
***
A primeira coisa que me ocorreu foi fazer umas calças para o meu filho de 4 anos (tenho sempre muita dificuldade me arranjar calças decentes para ele – destesta botões e tecidos que não tenham elasticidade). E encontrei o modelo perfeito na revista Ottobre 4/2015.

I had some hard time finding the magazine (thank you soooo much Diana for your precious help), as I live in the country side. It is for sale in Portugal for one year now, but you won’t find it easily. I believe you can ask your usual magazine salesman to order it to the distributor (at least my mother did – she didn’t know about Ottobre until last week and is loving it so far). Or you can order it directly through their website. Shipping is quite fast.
***
Encontrar a revista não foi o mais fácil. Esta começou a ser vendida há um ano em Portugal, mas eu vivo longe das grandes cidades e a maioria das lojas ainda não a tem (obrigada Diana pela preciosa ajuda!!). A minha mãe também conseguiu encomendar duas num quiosque (apesar de serem do mês anterior). Outra alternativa é encomendar directamente no website da Ottobre. O envio é bastante rápido.

 

Today I’m showing what I did with patterns nº 15 (Tee) and nº 17 (pants) of Ottobre 4/2015.
Hoje vou apresentar o que fiz com os moldes nº 15 (blusa) e nº 17 (calças) da Ottobre 4/2015.


I first tested the pants for with other black fabric. First thing I enjoyed was that sizing is great for my boy.
***
Primeiro testei o molde das calças com um tecido preto. A primeira coisa de que gostei bastante é que os tamanhos são perfeitos para o meu rapaz. 

 

For the pants I used organic sweat fabric that I recently bought from Nosh. It is resistant but very soft, perfect for the colder days (it never gets that much cold in Portugal). The yellow front pocket, as well as the t-shirt main fabric are also sweat fabric, but a bit lighter weight than the other one, that I bought from Rijs Textiles. They have a huge selection of knits (of all types of fabrics, by the way). Made the cord with the same fabric.
***
O tecido das calças é uma malha tipo sweat, em algodão bológico, que comprei na Nosh. É resistente mas muito macio, perfeito para os dias frescos. O tecido amarelo do bolso é o mesmo que usei na blusa. Também é uma malha sweat, mas um pouco mais fino, que comprei na Rijs Textiles. Esta loja tem uma grande selecção de malhas (e de teidos em geral). O cordão das calças é feito com o mesmo tecido.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

I made one small alteration to the pants pocket. I wanted to add some eye-catching detail, so I made bias tape from the Canyon Wall (woven fabric). I cutted the pocket pattern without the seam allowance for the sides hem. and finished it with the bias. I like how it turned out. The geometric, yet irregular, design in the bias gets it out of the monotony of the grey stripes.
***
Fiz uma pequena alteração no bolso das calças. Queria acrescentar algum detalhe que chamasse a atenção, por isso fiz um pouco de fita de viés com o tecido Canyon Wall. Cortei o molde sem incluir a margem para a baínha dos lados. E em vez disso finalizei com a fita de viés. Gosto de resultado final. O padrão geométrico irregular anula um pouco a monotonia das riscas cinza.

For the t-shirt, I didn’t use jersey as required, but the sweat worked out pretty well. Made the  pocket with the same fabric I used for the bias. And matched it with taupe fabric, the same I used for the neckline, to give it some contrast. This is some sort of 2X1 ribbing but too thin and with a bit too much stretch. Not the best to pair with sweat fabric, but the best color match I had in my stash (you can notice the neckline is a bit rebel…).
***
Para a t-shirt, o molde recomendava usar um tecido de jersey, mais fino do que este. Mas julgo que funcionou bem. O bolso é feito com o mesmo tecido da fita de viés e acrescentei um tecido a contrastar em tons de toupeira, o mesmo que usei para finalizar a gola. Este é um género de ribbing, mas um pouco fino e demasiado elástico. Não é o melhor para combinar com o tecido sweat, mas era a cor que melhor condizia (nota-se que a gola ficou um pouco rebelde…).

The best part is the fun. He L O V E S the new outfit… He’s making me wash it every time so he can wear it every day since saturday now (considering making a second pair)… He has a thing with pockets and feeling comfy, so these two pieces are a great addition to his wardrobe.
***
A melhor parte de todas é a diversão, certo? E ele A-D-O-R-A a nova fatiota… Tem-me feito lavá-la quase todos os dias desde sábado para poder usá-la sempre (tenho de fazer um segundo par)… Ele tem uma fixação com bolsos e dá-lhes imenso uso e adora roupa confortável. Estas duas peças vêm mesmo a calhar para o seu guarda-roupa.

 

There is an amazing giveaway* running along with this tour! Ottobre design® was outstandingly kind – a huge thank you for your generosity!

Seven lucky readers from all of the participants blogs will win one of the following:
– five one-year subscriptions for Ottobre magazine (kids+women’s issues)
– one gift card of 50 euros to Ottobre’s fabric shop on Etsy
– one gift card of 30 euros to Maças d’Amor fabric shop (where you can find nani IRO, Cotton and Steel, Dashwood Studio, Soft Cactus prints and many more), brought to you by all the Portuguese bloggers participating on this tour :)

The giveaway will be open from October 15th to October 29th. Enter the Rafflecopter below for a chance to win!

***RAFFLECOPTER GIVEAWAY***

***

Está a decorrer um fantástico giveaway* ao longo desta Tour! A Ottobre design® foi muito generosa – muito obrigada !

Sete leitores de todos os blogues participantes poderão ganhar uma das seguintes ofertas:
– cinco subscrições de um ano da revista Ottobre (crianças+senhora)
– um cartão prenda de 50 euros para a loja de tecidos da Ottobre na Etsy
– um cartão prenda de 30 euros para a loja de tecidos Maças d’Amor (onde podem encontrar tecidos Nani IRO, Cotton and Steel, Dashwood Studio, Soft Cactus e muito mais), oferta de todas as autoras dos blogues participantes :)

O giveaway está a decorrer de 15 a 29 de Outubro. Entra no Rafflecopter pelo link abaixo para te habilitares.

***RAFFLECOPTER GIVEAWAY***

.*Open internationally. You must have +18 years old to enter. Void were prohibited by law.
**Decorre a nível internacional. Para maiores de 18 anos. Excepto onde proibido por lei.

Now go take a look at what other portuguese bloggers are sewing:
Agora toca a espreitar o que se anda a costurar nos restantes blogues:

dia 15 – DoGuincho
dia 16 – Miss Castelinhos  |  Rita Pirolita
dia 19 – In a Manner of Sewing  |  Conversas de Hermanas
dia 20 – Fairies, Bubbles & Co.  |  Maças d’Amor
dia 21 – Made by Sara  |  Saídos da Concha
dia 22 – Pico Pico  |  Pequeno Mundo a 3+1
dia 23 – S is for Sewing  |  Sew Happy
dia 26 – La Folie Sewing Booth  |  House of Estrela

What’s UP

There’s a lot of changes going on here. Not only I moved my studio to a new true workspace, but also I changed the name of my projecto. The little bird (sandpiper) is now turning NOPE. For several reasons:
1. I find inadequate for teen/adult apparel. And many of my scarves are being ordered for these ages, some of them, with special needs.
2. I just found another brand in Portugal with a name almost like mine (Pico Pico Sarapico) (which, by the way, is older than mine)…
3. I choosed this name for it’s Portuguese roots, but now, 99% of my clients are out of Portugal, so it doens’t make much sense anymore…

So… NOPE,  inspired by my kids first word “no”. Easy to say and understand by more or less everyone, in most places on earth. Also, this is the beggining of a new era. There are more than scarves. The shop is growing, The harem pants, Luna, are joining the family, the beannies and a few more coming. Check it out now and then for news.

***
Ando em mudanças. Não só de espaço, mas também de “visual”.  A imagem do Maçarico que deu nome ao “PicoPico” desapareceu… E porquê? Bom, várias razões.
1. Este passaroco, cujo desenho gosto imenso, parece-me impróprio para artigos de adulto. Nos últimos tempos, uma boa parte das peças (echarpes) destinam-se a adolescentes e adultos, em muitos casos, com necessidades especiais. E nesse sentido, a etiqueta já não funciona.
2. Descobri recentemente que existe uma marca em Portugal chamada…… Pico pico Sarapico (!!!). Pois, era provável que isto acontecesse. Quando escolhi o nome para o meu projecto fiz uma pesquisa para perceber se já existiam outras e não encontrei nada. Mas esta, segundo entendi, tem mais uns tempos de existência do que a minha… oops…
3. O público que compra as minhas peças é, 99% estrangeiro. PicoPico torna-se… incompreensível (?). Quando comecei este projecto tinha um sonho português. O nome teria de ser, obviamente, na língua mãe. “Pico pico, maçarico, quem te deu tamanho bico”… é a sonoridade das gargalhadas dos meus filhos e da minha própria infância (sim, na minha terra diz-se maçarico, noutros lugares sarapico, e noutros até, merolito…).

Por isso, o projecto mudou de nome (até porque eu sou dada a mudanças). NOPE em homenagem à primeira palavra dos meus filhos “não”, que é também uma afirmação de identidade e autonomia, essencial à vida. Nope é sonoro, plurilinguístico, entendível e pronunciável um pouco por todo o lado. Este projecto marca também o início de uma nova fase, em que as echarpes já não são o produto quase em exclusividade. A família está a crescer e juntaram-se as calças tipo sarouel, os gorros e outras peças que vão saindo devagarinho.

***
There’s a lot of changes going on here. Not only I moved my studio to a new true workspace, but also I changed the name of my projecto. The little bird (sandpiper) is now turning NOPE. For several reasons:
1. I find inadequate for teen/adult apparel. And many of my scarves are being ordered for these ages, some of them, with special needs.
2. I just found another brand in Portugal with a name almost like mine (Pico Pico Sarapico) (which, by the way, is older than mine)…
3. I choosed this name for it’s Portuguese roots, but now, 99% of my clients are out of Portugal, so it doens’t make much sense anymore…

So… NOPE,  inspired by my kids first word “no”. Easy to say and understand by more or less everyone, in most places on earth. Also, this is the beggining of a new era. There are more than scarves. The shop is growing, The harem pants, Luna, are joining the family, the beannies and a few more coming. Check it out now and then for news.

… after break …

Desde Julho que o blog ficou suspenso. As férias entraram em força pela nossa vida dentro, e este ano fizemos as férias todas que não fizemos o ano passado X2. Nas férias gosto de me desligar tanto quanto possível do mundo virtual. Tivemos de tudo, da praia à montanha, do aniversário da minha mãe em família, a uns dias só a dois (raros e preciosos), com tempo para ler, desenhar, fotografar, correr e saltar, nadar,  e dormir!!! (sim, foram mesmo férias em grande).
Depois das férias, entrou uma espécie de revolução. Mudei, finalmente, para um estúdio de verdade. Tenho um espaço (lindíssimo) só para mim, com luz, uma belíssima vista, e delicioso chão de tábuas. Ainda está em estado de in’definição (e assim vai estar mais uns tempos) pois agora tenho de pôr mãos ao trabalho. Não posso descrever a sensação de trabalhar num espaço dedicado, fora de casa, ao fim de 5 anos no meio do campo.
***
I’m not blogging since the end of July. We went on vacations, and this year we enjoyed all the vacations we couldn’t have last year X2. I like to turn myself of from the virtual world when I’m on vacation with my family. We had it all, form the beach to the mountains, from the full family reunion at my mother’s birthday, to those very precious just-for-two days, stretching the time so we could read, draw, photograph, jump and run, swin and… sleep!!! (yes, it was as good as that!).
After that, a new revolution took place. I finally moved all my work materials to a (true) studio. I have a (rather beautiful) space just for myself, with lots of light, a beautiful view and a magnificent wood floor. It still needs some organizing (and will remain just like that for a while), because I need to get work done at the moment. But, It’s a thrill I cannot explain, to finnaly have my own work space, out of home, after 5 years alone in the farm.

IMG_0585